terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Me desculpem.

Meninas eu espero que vcs me perdoem. Serio mesmo. Eu tava olhando o meu Gmail a pouco e eu percebi que tinha uma monte de mensagem informando dos comentarios de vcs. Eu sinceramente não sabia que existiam tantos comentários assim. E eu nem respondi a metade deles. Um dos motivos é pq eu não volto nos capitulos pra saber se tem comentarios novos. Eu vejo as visualizações pq o Blogger me informa, mas comentarios nao. Então ne perdoem vcs que eu nao respondi. Eu sinceramente nao sabia que tinha tantas leitoras novas.
Por isso eu to escrevendo esse post. Pra pedir desculpas e pra dar as boas vindas a vcs.
Eu to muito sem jeito. Vcs nem imaginam!
E Joanny minha flor, encontrei seu comentário. Seja bem vinda e ainda bem que vc ta gostando. Assim como as outras meninas ti peço desculpa, foi uma falta de respeito e consideração minha ter feito isso com vcs.
Sorry.

Boa noite.
Beijos,
Gaby Souza.

Die For You 16

*VC ON*
Acordo com uma dor de cabeça infernal. Algo me diz que hoje vai ser um dia daqueles. Com muito esforço me levanto da cama e vou ao banheiro tomar um banho. Me olho no espelho e vejo a mesma figura palida de olhos inchados de sempre.

Suspiro.
Ultimamente não ando dormindo bem. Meus pesadelos andam me perseguido como nunca. Me viro de costas para a figura a minha frente e me encaminho relutante para o chuveiro. Tomo um banho com a agua morna e fico pensando no que houve ontem. Meu coração se parte en mil pedaços, e eu me sinto como se não merecesse nada disso.

Começo a pensar na Amy. Ela faz de tudo por mim. Cuida de mim como se fosse a filha dela e eu fico por ai morrendo de amores pelo filho dela. Que merda de ser humano eu sou? Sinto as lagrimas arderem nos meus olhos e eu decido sair do chuveiro antes que comece a chorar. Me enrolo na toalha e saio.

Quando chego no meu quarto encontro o Andy sentado na minha cama, de mãos cruzadas e com o olhar longe. Fico o observando por alguns minutos, acalmando meu coração então quando  consigo recobrar a consciência falo.

(Você): Bom Dia Biersack. O que vc está fazendo aqui?

Ele olha pra mim no momento em que falo e me olha de cima a baixo e vejo seus olhos brilharem. Então me lembro que estou nua, somente com a toalha me cobrindo. Sinto meu rosto arder. Ele sacode a cabeça e me olha no fundo dos olhos como se procurasse uma resposta, então respira fundo e diz.

(Andy): Oi. - ele sussurra.
(Você): Oi. O que vc ta fazendo aqui?
(Andy): Queria falar com vc.
(Você): Comigo? Pq?
(Andy): Pq so vc pode me ajudar.

Sinto um arrepio me percorrer o corpo. Engulo em seco.

(Você): Eu?

Ele confirma com a cabeça.

( Você): Então diga.

Ele respira fundo e olha pra as mãos, por um momento penso que vai desistir de me dizer. Então, de uma hora pra outra ele levanta o rosto e olha pra mim determinado e diz:

(Andy): (seu nome), vc me ama?

Meu mundo para junto com a minha respiração e eu me pergunto se ouvi a pergunta direito. Ele continua a me olhar firme, mas agora seus olhos contém uma sombra de medo e dor. Fico com medo de dizer minha resposta. Claro que eu o amo! Mas simplesmente não posso... Novamente aquela vontade incontrolável de chorar retorna e eu sinto meu corpo tremer, me sinto só. E quero fugir dali.

Eu olho pra ele e ele continua esperando minha resposta imóvel como uma estatua e eu me controlo para ficar impassível, sem demonstrar nada. Solto um suspiro, e percebo que estava prendendo a respiração. Me dirijo até a porta e abro-a para que se retire. Não vou responder essa pergunta, vai doer muito e eu não quero mentir pra ele.
Ele entende o que eu faço e se levanta.

(Andy): Me desculpa. - ele sussurra e não olha pra mim. - pensei que houvesse alguma esperança de... - ele balança a cabeça como se estivesse perdido, passa a mão pelo cabelo e sai do meu quarto. Meu coração afunda e eu desejo morrer naquele instante.

Assim que ele sai eu fecho a porta. Não aguento mais segurar o choro e finjir que esta tudo bem. Me jogo na cama e choro como uma criancinha perdida,  me entrego ao choro. Não consigo acreditar no que eu acabei de fazer. Quero ir atras dele e o abraçar e beijar pelo resto da minha vida com todo o fervor da minha alma e com todo o meu amor, mas não posso! Eu não devo fazer isso.

Continuo chorando ate que eu me lembro que não estou vestida. Me arrumo e pulo a janela. Não quero que ninguém me veja. Vou pra meu esconderijo - quer dizer, o lugar que o Josh me mostrou - e levo meu violino junto comigo.

*VC OFF*
*ANDY ON*

Eu cheguei da festa na casa do Ash com uma dor de cabeça infernal e disposto a acabar com ela. E o nome dessa dor de cabeça era: (seu nome). Eu juro que eu tentei. Lutei contra mim a noite toda. Mas eu preciso saber se ele me ama tbm. Então vou ate o quarto dela e percebo que esta tomando banho, então eu a espero.

Minha coragem vai diminuindo a medida que o tempo passa, e eu resolvo ir, mas ela aparece perfeita como sempre. Mas ela esta de toalha e não consigo tirar os olhos dela. Daquela pele perfeita, da boca, dos olhos, pernas... Tudo nela é perfeito e eu a quero. Preciso dela comigo, mas acho que ela não gosta de mim.

Eu então conto a ela o meu motivo da visita, mas ela não me responde e simplesmente me manda embora. Fico muito mal, com a cara no chão e o coração destruido. Onde eu tava com a cabeça? Claro que uma menina como ela nunca iria se interessar por mim. Então eu saio do seu quarto disposto a esquecer essa história toda. Ela deve gosta do Josh. Esse pensamento me atormenta. Eu odeio ele. Sei o que ele faz com meninas como ela, mas e se ela gostar dele? Juro que não sei o que eu faço.

Vou para a garagem tocar um pouco. Preciso disso. Quando alguem aparece por tras de mim tampando meus olhos.

(Xxxx): Oooi.
(Andy): ....

-------------------------------------

Espero que vcs gostem do fundo do meu coração, eu tive uma repentina inspiração e resolvi escrever.
Percebi que tenho umas leitoras novas \o/ Seja bem vinda meu anjoo!  A Julia Elena e a outra menina que eu nao lembro o nome pq sem querer eu acabei tirando a postagem em que ela comentou. Me desculpa. Eu fiz merda aqui, me perdoe.